Passeio 1 – A Walk Through London 1

Ainda vou encher o saco de vocês com posts de Londres por mais um tempo, mas é que lá tem tanta coisa legal pra fazer, que tá rendendo muitos posts! Uma das coisas que eu mais gosto na cidade são os parques, eles são um oásis de calma e sons de passarinho, no coração da cidade. Parece que quando crusamos aqueles portões estamos a quilometros da agitação de uma das maiores metrópoles do mundo… Por isso, vou dividir com vocês dois passeios  bem gostosos que eu fiz lá, e que misturam a agitação da cidade com a calma e tranquilidade dos seus parques. Vamos la?

Ponto de Partida: The Serpentine Gallery

A Serpentine é uma galeria de arte moderna e contemporânea que ocupa uma antiga casa de chá nos jardins de Kensington Gardens. Todo ano, nos meses de julho a outubro, um super arquiteto é convidado a fazer um “experimento arquitetônico”:  projetar e montar um pavilhão, que normalmente funciona como um café e um local para exibições, palestras, filmes, etc. durante aquele verão. Quem já participou do projeto? Nomes como Oscar Niemeyer e Frank Gehry (o artista que projetou o Museu Guggenheim em Bilbao). A estrutura vermelho sangue desse ano (1) foi progetada pelo arquiteto frances Jean Nouvel, e contrasta com com o verde da grama e das arvores. Inesperado e inpirador  aqui você pode tomar um café e relaxar!

Daqui, siga andando em direção a Harvey Nichols (2), que fica ali do ladinho da estação de metrô Knightsbridge. Essa caminhada dura uns 15 minutinhos. O caminho até lá pode ser pela Kensignton Road, como no mapinha, ou você pode ir andando por dentro do parque, que é bem mais agradável! Chegando na HN (já estou intima!), perca-se lá dentro e encha seus olhos com as roupinhas mais trendy da cidade.

Saindo da HN, pegue a Slone Street (3). Essa rua começa e termina com lojas babado, parece uma versão mais tranquila da Bond Street, e o “recheio” da rua são prédios residenciais bem bonitinhos. Quase não tem turistas andando por aqui, você vê mulheres passeando com cachorinhos, crianças brincando, bicicletas, é uma caminhada também de uns 15 minutinhos, mas que passa voando, porque é bem agradável!

A Sloane Street termina na praça que leva o mesmo nome, a Sloane Square. La a minha dica é o restaurante The Botanist (4), que me foi indicado por uma amiga, e valeu muito a pena! Ela me disse pra ir lá jantar, mas eu fui almoçar no meio da tarde e estava ótimo também, cheio de gente almoçando ou bebericando alguma coisa, fazendo uma pausa nas compras ou no meio de uma reunião de negócios. Comi uma tortinha de salmão com espinafre e uma salada de tomatinhos, e de sobremesa uma torta de pera com um sorvete meio spicy.. hum me deu agua na boca só de lembrar…Imperdível!!

Ponto de chegada: The Botanist – 7, Sloane Square – Reservations: 020 7730 0077

O segundo passeio ainda essa semana!

I still have many London tips for you all. I just can’t get enough of London, their is just so many things to do and see! One of the things I love the most in the city are it’s parks, they are so calm and peaceful right in the heart of a big city, as you cross the entrance gates it’s like an escape.
Here are some tips.
Starting point: The Serpentine Gallery
The Serpentine is a modern and contemporary art gallery that occupies an antique teahouse on the Kensington Gardens. Every July to October a super architect is invited to create an “architectonic experiment”: Project and build a pavilion that normally works as a cafe and a place for exhibitions, lectures, films, etc. Who already participated in this project? Names like Oscar Niemeyer and Frank Gehry (the artist of the Guggenheim in Bilbao). This years red structure (1) was designed by the famous french architect Jean Nouvel and contrasts with the green landscape of the park. Unexpected and inspirational, here you can have a coffee or a tea and relax!
From here continue walking to Harvey Nichols (2) which is right over the Knightsbridge tube. It’s a 15 minutes walk through Kensignton Road, as seen on the map above, or you can walk through the park, which is nicer. When you reach HN, go get lost, have fun and delight yourself with the trendiest outfits in town.
When you leave HN, go towards Sloane Street (3). This street starts and finishes with amazing shops. It’s like a more calm version of Bond Street and the road is surrounded by cute residential buildings. You don’t see a lot of tourists there, you see women walking with their dogs, children playing, bicycles, and it is also a 15 minutes walk that goes by really fast while you enjoy the views.
Sloane Street ends in Sloane Square. There my tip is a restaurant called The Botanist (4), a friend recommended it and it was worth going for lunch. The place is full of people eating, drinking after a pause in shopping or having a business meeting. I had an amazing salmon and spinach pie and for desert a pear pie with a spicy ice-cream in the middle. Don’t miss it!
Arrival Spot: The Botanist – 7, Sloane Square – Reservations: 020 7730 0077
Wait for more during the week!

Uma opinião sobre “Passeio 1 – A Walk Through London 1

  1. Amiga, meu deus que coincidência ABSURDA. Ontem fiz exatamente esse trajeto, sem saber desse teu post! Só não parei nesse restaurante, mas ele até me chamou a atenção! Adorei o passeio também… Londres é o paraíso na terra!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s