Crise, au revoir!

A Hermès divulgou um crescimento de 18,5% nas vendas do primeiro trimestre desse ano, que foram impulsionadas principalmente pelo continente americano e pela região asiática.

24 Rue du Faubourg Saint-Honoré, Paris

Segundo o CEO da marca, Patrick Thomas, os clientes da casa francesa consideram seus produtos mais um investimento do que um gasto, o que pode explicar o crescimento das vendas.

Os economistas e suas teorias estão mesmo certos: depois de tempos de crise as vendas se recuperam rapidamente e os consumidores voltam a comprar de marcas seguras e confiáveis.

Hermès announced a growth of 18,5% on 2010 1st trimester’s sales. The American continent and Asia were the ones responsible for most of it.
According to the brand CEO, Patrick Thomas, the clients of the french maison consider their products more an investment than a cost (which might explain the growth on sales.)
The economists and their theories are always right: after moments of crises, sales recover rapidly and the consumers start buying again from safe and reliable brands.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s