China

Há algum tempo a China deixou de ser sinonimo somente de produtos de má qualidade e local de mão de obra barata e passou a ser a menina dos olhos da industria de luxo. Em 5 anos o pais vai se tornar o maior consumidor de produtos de luxo, com um volume de vendas atingindo $14.6 bilhões de dólares, segundo a World Luxury Association.
São números impressionantes e que se justificam pelo crescimento da economia do pais, que em 2009 cresceu 8,7%, apesar da crise que atingiu a economia mundial, e o aumento do número de milionários chineses, que já são mais de 875 mil indivíduos.
Um destes grupos de consumidores milionários são os Tycoons, homens chineses na faixa dos 40, proprietarios de 3 carros de luxo, 4 relogios prestigiosos e planejando comprar jatos privados ou iates. Eles gastam, em media,  250 mil dólares por ano em bens de consumo.
Muitas marcas estão apostando altos nesses novos consumidores, lançando coleções especiais para o pais, que é palco também de festas exclusivas de lançamento dessas marcas.
Eles também estão de olho nos visitantes da Shanghai World Expo, que espera 17 milhões de visitas.

A Chanel lançou ja no final do ano passado uma coleção bem caricata, com direito a bolsa de caixinha de delivery e tudo.

Foto: Reprodução

Junto com a coleção, foi lançado um curta, dirigido por Karl Lagerfeld e que foi filmado no antigo apartamento de Coco em Paris.

A Dior tambem embarcou na  conexão França – China, e lançou sua Cruise Collection no último dia 15, em Shanghai. A inspiração era visivelmente francesa, reforçada pelas palavras de Galliano, que disse não querer uma coleção inspirada na China para as chinesas.

Além do laçamento da Cruise Collection, a marca francesa também fotografou uma peça da camapanha que já rodou algumas cidades do mundo e seus pontos turisticos, estrelada por Marion Cotillard.

Foto: Reprodução

Salvatore Ferragamo comemorou o 80 aniversario da marca, em 2008 na Itália certo? Não, também em Shanghai. A marca já esta presente no pais há 17 anos e tem mais de 30 pontos de venda lá.

Festa de 80 da Salvatore Ferragamo / Imagem: Reprodução

Para a Shanghai Expo,  durante  todo mês de maio artesãos da Salvatore Ferragamo estão nos pavilhões demonstrando o processo de fabricação artesanal dos sapatos da marca.

O mundo de olhos abertos nos olhinhos puxados!

Some time ago, China is no longer associated with only poor quality products and a place of cheap labor, but has become the apple of the eye of luxury industry. In five years the country will become the largest consumer of luxury products, with annual sales reaching $ 14.6 billion, according to the World Luxury Association.
Numbers are impressive and are justified by the growth of the country’s economy, which grew 8.7% in 2009 despite the crisis that hit the world economy, the increasing number of Chinese millionaires is already over 875 000 individuals.
One of these consumer groups are millionaires called ‘Tycoons’, Chinese men in their 40s, owners of three luxury cars, four prestigious watches and planning to buy private jets or yachts. They spend on average $ 250,000 per year on consumer goods.
Many brands are betting high on these new customers, launching special collections for the country, who has been also hosting exclusive parties for launching these brands.
They are also keeping an eye on visitors to the Shanghai World Expo, which expects 17 million visits.
Chanel already launched at the end of last year the cutest collection complete with take-away box and everything.
Along with Chanel’s collection, there was a short film released directed by Karl Lagerfeld, which was filmed at Coco’s old apartment in Paris.
Dior also embarked on the France – China connection and has launched its Cruise Collection in the last 15 days in Shanghai. The inspiration was obviously France, reinforced by the words of Galliano, who said he did not want a collection inspired in the Chinese for China.
Besides the launch of the Cruise Collection, the French brand also photographed some of the campaign that already ran some cities in the world and its tourist spots, starring Marion Cotillard.
Salvatore Ferragamo celebrated the 80th anniversary of the brand in 2008 in Italy right? No, also in Shanghai. The brand is already present in the country for 17 years and has over 30 stores there.
For the Shanghai Expo, throughout the month of May, Salvatore Ferragamo artisans are in pavilions showing the process of the handmade shoes of the brand.
Eyes wide open to the Chinese market!

3 opiniões sobre “China

  1. Apesar de nao curtir os chineses atualmente, é bom saber que estão resgatando a cultura dos antepassados.
    Beijinhos.

  2. Pingback: Harrods na China | put me in 1st class

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s